Do velho se faz novo

De pequenos retalhos, de camisas velhas e bastante usadas, de bibes que já não têm uso, fiz trapos. E dos trapos fiz individuais e bases para copos/canecas. 

IND_017

IND_016

IND_020

IND_017

IND_018



Todos eles estão disponíveis, à excepção da última base do lado esquerdo. 

Se gostou e quer mais informações, não hesite em enviar um e-mail [olivarbohandweaving@gmail.com] ou deixando um comentário. Terei todo o gosto em responder. 

Anúncios

Mercadinho de Natal

O mês de dezembro é sinónimo de mercadinho de Natal. Este ano foi diferente. Estive presente aos fins-de-semana e feriados, ao invés do mês todo, como aconteceu em 2015 e 2016. 

São sempre bons momentos de convívio, que muito aprecio. Assim, tenho de agradecer de coração às amigas Cidália e Sandra. Estive sempre muito bem acompanhada por elas. E houve momentos de verdadeira diversão!

Estou grata também por todas as visitas que tive: família, amigos, vizinhos, seguidores da Olivarbo… A todos vocês, o meu sincero agradecimento pelo interesse demonstrado pelo meu artesanato. 

Deixo-vos com fotos de alguns momentos e peças tecidas no mercado. Agora é tempo de balanço! 

Em julho e agosto…

O tempo passa a correr e, quando dou por isso, já estou a pensar nas peças para o próximo outono.

Hoje estreei o meu novo espaço. Com mais luz, com a minha urdideira finalmente na parede. Tão mais confortável!

Entretanto, há peças recentes na loja. Já visitou?

Em preparação

Nos próximos dias 27 e 28, vou estar no Jardim Municipal de Rio Maior, muito bem acompanhada, a mostrar aquilo que faço.

Lá decorrem também o PalhaçArte – Encontro de Palhaços e Artes do Circo de Rio Maior e o Street Food Rio Maior. Só bons motivos para visitar o jardim.

Para além de artesanato, palhaços e comida, ainda temos muita música, nomeadamente com a banda da A Tocata TRM.

Se gostam da ideia, divulguem, ok? 😉

Enquanto o dia não chega, vou fazendo aquilo que sei:

Há muito tempo…

Há demasiado tempo que não venho aqui. Não tenho qualquer tipo de desculpa, se desculpa tivesse de dar.

Outras redes “ocupam” o meu tempo. É por lá que vou partilhando o que faço.

Resumidamente, tive o mês de Dezembro bastante preenchido. Desde então, vou tecendo, preparando peças para mostrar em breve, vou apreciando e fotografando a natureza que me circunda, vou vivendo os dias em família. Não posso desejar mais.